Ecocardio - Clínica de Ultra-sonografia e Ecografia em Londrina

DÚVIDAS FREQUENTES

Está com dúvida? Veja aqui as perguntas mais frequentes.
Se a sua dúvida não pode ser solucionada com as respontas abaixo, clique aqui para enviar sua dúvida e em breve entraremos em contato.

É possível que o ultrassom não detecte alguma malformação?

Sim, a sensibilidade ou taxa de detecção do ultrassom gira em torno de 90% na identificação de malformações estruturais. Além disso, há malformações muito discretas, de difícil identificação. Por isso em alguns casos há indicação de um acompanhamento rigoroso, com a realização de exames complementares.

Esse exame pode identificar a necessidade de intervenções na hora do parto?

Pode sim, “especialmente em casos de cardiopatias e doenças do tórax. Há intervenções que podem ocorrer inclusive no ambiente intrauterino, como transfusões de sangue, derivações (ventriculares, renais), punções de líquido amniótico com finalidade terapêutica, entre outros”.

O feto ouve o som emitido pelo equipamento?

O aparelho gera imagens através de ondas sonoras, o que preocupa muitas mamães. Mas não há motivo para acreditar que o bebê possa ser afetado. “No ultrassom, lidamos com mais de três milhões de hertz, enquanto o ouvido humano escuta até dois mil hertz. Portanto, essa questão está totalmente descartada”.

Quais doenças o ultrassom gestacional pode identificar?

Muitos tipos de malformações estruturais podem ser detectados pelo ultrassom. “Entre os mais recorrentes estão a hidrocefalia – que é o acúmulo de fluido cérebro-espinhal nas cavidades ventriculares do cérebro – e outros distúrbios do sistema nervoso central, além de alguns tipos de malformações cardíacas”.

Quando posso descobrir o sexo do bebê?

Não há uma regra. Mesmo o sexo sendo definido no momento da concepção, o órgão genital se desenvolve entre nove e doze semanas de gravidez. A partir da 14ª, até a 16ª semana, dependendo da posição do bebê, é possível identificar o sexo da criança. “Quando o bebê está sentado sobre as perninhas ou quando está de pernas cruzadas, é mais difícil a visualização de sua genitália, obrigando os pais a terem um pouco mais de paciência para obter essa informação”.

QUANTAS ULTRASSONOGRAFIAS SÃO RECOMENDADAS ÀS GESTANTES?

O primeiro confirma o tempo de gestação, o segundo (também chamado de morfologia do primeiro trimestre) mede a translucência nucal (entenda o que é abaixo), enquanto o terceiro avalia o crescimento e a morfologia fetal e o quarto tem o objetivo de avaliar, entre outras coisas, a quantidade de líquido e a placenta. “Vale ressaltar que quem determina os pedidos de exame é o obstetra da paciente, de acordo com as características da gestação”.